Dom Luiz Henrique toma posse da diocese de Barra do Piraí - Volta Redonda

Diocese
11·Maio·2019

Na manhã deste sábado, dia 11, fiéis da Igreja da Diocese de Barra do Piraí - Volta Redonda se reuniram na igreja Nossa Senhora da Conceição, no Conforto, em Volta Redonda, para receber o oitavo bispo diocesano, dom Luiz Henrique da Silva Brito. A celebração reuniu bispos e padres do Estado do Rio de Janeiro e todo o clero da diocese. O arcebispo da Arquidiocese de São Sebastião do Rio Janeiro, dom Orani João Tempesta, participou da cerimônia e fez a saudação inicial, lembrando a convivência dos anos em que dom Luiz Henrique foi bispo auxiliar do Rio de Janeiro.  "Uma alegria poder estar num dia muito especial em que a sucessão apostólica, serviço de um bispo, sucede a outro nessa nossa caminhada enquanto Igreja. Há uma continuidade do serviço e a missão e ao mesmo tempo a renovação daquele que chega com a sua experiência e sua vida", disse o cardeal Orani João Tempesta, lembrando: "Dom Luiz Henrique é aquele que durante sete anos serviu como bispo auxiliar em nossa Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro. Amanhã comemoramos sete anos de sua ordenação episcopal. Ele é alguém que tem conosco uma grande comunhão e uma grande unidade fraterna. Grande serviço", concluiu.

Nas últimas semanas, dom Luiz Henrique vem se adaptando a sua nova realidade. Passou a residir no bispado, no bairro Laranjal, em Volta Redonda, conheceu a cúria diocesana, os colaboradores com quem vai trabalhar e se apresentou à imprensa. Emocionado, dom Luiz Henrique falou de comunhão, fidelidade ao evangelho, escuta e se mostrou totalmente disponível para se inserir na vida do povo que o acolheu. "Hoje assumo a missão, dada por Deus através da Santa Igreja, como oitavo bispo diocesano de Barra do Piraí-Volta Redonda, com humildade e respeito a esta riquíssima história evangelizadora e missionária desta diocese que se aproxima de seu centenário. Muito temos que comemorar e o faremos como o olhar atento ao presente, respeitando o passado sem nos estacionar nele, e apontando para um futuro cheio de esperança e fé numa Igreja Particular fiel a sua missão no mundo", disse o bispo.

Sobre os projetos que têm para a diocese, dom Luiz Henrique pediu paciência aos fiéis para que em unidade construam as metas a serem alcançadas a serviço da evangelização. "Prezados irmãos e irmãs, vocês podem estar se perguntando em metas e projetos do novo bispo, ao mesmo tempo, cultivando as próprias expectativas positivas ou negativas. Peço a todos paciência e compreensão para nos conhecermos melhor, nos apoiarmos e respeitarmos como irmãos buscando atingir o objetivo comum que é viver o autêntico discipulado de Cristo em suas distintas visões. Não desejo ser precipitado apresentando receitas prontas ou projetos sem exercitar a escuta daqueles que sou chamado a servir como pastor. O que busco?  Discernir os desígnios de Deus, a vontade de Cristo e seguir este caminho. É isso que importa e conto com as orações e comunhão de todos para juntos trilharmos um caminho de coerência com o que Deus em seus desígnios insondáveis quer para nós", ressaltou dom Luiz Henrique completando: "Nossa metodologia deve ser do evangelho, nossa análise do mundo que vivemos parte daquele que é Caminho, Verdade e Vida. Reforçar nossa identidade no mundo, respeitando a diversidade que nos cerca deve ser nosso procedimento. Que nos vejam empenhados na coerência que parte de nossa fé, com serenidade e respeito", destacou.

A Missa de posse contou com a presença de mais de 2,5 mil pessoas de todos as paróquias da diocese e de outras cidades. As comunidades se organizaram em ônibus e vans para prestigiar o novo bispo. Maria de Fátima veio de Mendes para mostrar ao novo bispo toda a sua acolhida. "Estou muito emocionada e alegre em receber o novo bispo. Viemos mostrar que mesmo sendo de uma pequena cidade do interior do Rio de Janeiro somos muito calorosos?, disse.

Durante a solenidade, dom Francisco Biasin, bispo desta diocese desde de 2011, entregou o báculo, símbolo que identifica o bispo e a passagem da missão, cedeu a Cátedra, a cadeira designada ao bispo e apresentou a realidade da diocese. ?É uma Igreja pobre e mergulhada na história. Com humildade se esforça para caminhar ao lado dos homens e mulheres de hoje fazendo companhia e sendo companheira", disse dom Francisco ressaltando: "Ajude-nos, dom Luiz Henrique, a assumir cada dia mais a trajetória da descida de Jesus, feito bom samaritano, até total despojamento de nós mesmos para cuidar das pessoas caídas e feridas ao longo do caminho da vida", destacou. Para concluir, o bispo, agora emérito, lembrou um conselho recebido à época de sua posse para a primeira diocese como bispo, a de Pesqueira (PE) e motivou o bispo empossado: "Venha, dom Luiz Henrique, você já é motivo de alegria para esse povo que te espera e que esse povo seja motivo de alegria para o seu coração de pastor", finalizou.

Neste domingo, dia 12, às 18h30, a celebração será na Catedral de Sant'Ana, em Barra do Piraí. Na ocasião serão comemorados os 7 anos de Ordenação Episcopal de dom Luiz Henrique.

 

 

Conheça o novo bispo

Filho do casal João de Brito e Narly da Silva Brito, Dom Luiz Henrique da Silva Brito nasceu em São Gonçalo, RJ, em 19 de maio de 1967. Cursou teologia e filosofia no Seminário de São José, no Rio de Janeiro, como seminarista da diocese de Campos. No seminário, foi prefeito de disciplina. Foi ordenado padre por Dom João Corso na Catedral Diocesana Santíssimo Salvador, em Campos dos Goytacazes, em 1991. Antes de ser nomeado bispo auxiliar do Rio de Janeiro, Dom Luiz Henrique foi pároco em três paróquias de Campos. Depois da formação no Rio de Janeiro em teologia pelo Instituto Superior de Teologia da Arquidiocese e em Direito Canônico pelo Instituto Superior de Direito Canônico, concluiu em 2005 o mestrado em Roma.

Ao retornar à sua diocese de origem assumiu ainda mais duas paróquias. Foi nomeado bispo titular de Zallata e auxiliar do Rio de Janeiro em 29 de fevereiro de 2012 e ordenado bispo em 12 de maio de 2012.

 

Atuação como bispo auxiliar do Rio de Janeiro

Dom Luiz Henrique atuou como bispo animador do Vicariato Norte, dos vicariatos episcopais para a Caridade Social e para a Comunicação Social e da Coordenação Arquidiocesana de Pastoral. Foi responsável pelos Círculos Bíblicos, pelas Comunidades Eclesiais de Base e pela Rádio Catedral, além de diretor das Escolas de Fé e Catequese Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Foi moderador da Cúria Metropolitana, Bispo Referencial do Vicariato Episcopal Urbano, da Pastoral Presbiteral, das Ordens Terceiras, Irmandades e Confrarias, do Economato, do Departamento Jurídico e da Administração dos Bens Temporais da Arquidiocese. Foi presidente da Comissão de Recuperação de Patrimônios, membro da Comissão Arquidiocesana de Aquisição de Terrenos e Evangelização, professor do seminário arquidiocesano de São José e bispo referencial dos Presbíteros e do Diaconato Permanente do Regional Leste 1 da CNBB.


Leia a homilia de dom Luiz Henrique aqui

Leia o discurso de dom Francisco aqui

Leia o discurso feito pelos presbíteros aqui

Leia o discurso do núcleo CRB aqui

Leia o discurso dos leigos e leigas aqui

Veja as fotos aqui