A Imagem da Senhora Santana da Catedral de Barra do Piraí

Diocese
05·Julho·2019

Segundo a tradição oral, a Família Pereira de Faro dona das terras da margem esquerda do Rio Paraíba do Sul pertencentes a Valença no século XIX era devota de Santana e São Joaquim. José Pereira de Faro, o Terceiro Barão do Rio Bonito mandou construir a igreja Santana, e encomendou uma imagem da Senhora Santana em Portugal, a primeira missa com a imagem aconteceu na fazenda Santana, e em 07 de agosto de 1864 foi inaugurada a Capela de Santana para as celebrações e reuniões religiosas onde a imagem ficou até 1881, o término da construção da igreja de Santana.

A imagem da Senhora Santana era um dos símbolos da devoção católica nestas terras e entre festas e procissões a imagem percorreu as ruas da cidade alimentando a fé e a devoção popular. Nestes mais de 150 anos a imagem da Senhora Santana sofreu intervenções, pinturas, que para tentar preservá-la cobriram as cores e detalhes originais. Após aproximadamente 8 meses de processo de restauro, feito pela restauradora Manoela Franco a imagem da Senhora Santana retorna a Catedral, com suas cores originais e com o esplendor e beleza que fizeram sua presença atravessar o século XX trazendo ao século XXI a memória e o exemplo da mãe de Maria, a mãe de nosso Salvador.

A "Casa" da Senhora Santana segue em processo de restauro, em breve serão retomadas as obras para o término do restauro do telhado e da torre sineira. Os projetos para restauração dos afrescos e imagens do interior de nossa casa Catedral precisam de sua contribuição, colabore e ajude a ?Casa da Avó? a continuar sendo o espaço de acolhida e celebração de nossa fé em Nosso Senhor.