Assembleia Diocesana

Diocese
12·Novembro·2019


Indicações para o Centenário são apontadas a partir das DGAE

 

Aconteceu no último fim de semana, nos dias 9 e 10 de novembro, a Assembleia Diocesana de Pastoral 2019, no Centro Social Santa Cecília em Volta Redonda. A manhã do primeiro dia de encontro foi marcada por uma retrospectiva de 2019 como motivação para os próximos anos. Dom Luiz Henrique abriu o encontro destacando a alegria em participar de sua primeira Assembleia Diocesana e também em comemorar o centenário da diocese de Barra do Piraí- Volta Redonda. "É um prazer estar reunido com todo povo de nossa diocese, assim vamos nos conhecendo, trocando experiências e ouvindo mais, tendo um direcionamento conforme o que nos pede o Senhor", disse.

Dom Luiz falou do eixo central da Assembleia na preparação para a Centenário da diocese em 2022 à luz das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora no Brasil.  "Aproveitando o riquíssimo documento da ação evangelizadora, dando ênfase nas comunidades missionárias, trabalharemos destacando um pilar a cada ano, para que juntos possamos louvar e bendizer a Deus por esses cem anos de caminhada missionária evangelizadora", completou o bispo sobre o jubileu.

Novas Diretrizes

O primeiro dia foi assessorado pelo bispo de Nova Iguaçu, dom Gilson Andrade. Ele apresentou as diretrizes da CNBB desse ano até 2023, ressaltando a importância da preocupação da Igreja em acompanhar as evoluções culturais. "Hoje a Igreja tem uma tarefa importante de evangelizar nesse nosso tempo de uma nova cultura. Esse é o desafio que temos que enfrentar e encontrar caminhos. As novas diretrizes oferecem caminhos interessantes, enquanto insistem no tema das pequenas comunidades, que nelas aparecem como pequenas comunidades missionárias e têm seu modelo na casa", disse dom Gilson destacando a oportunidade de fazer com que as propostas das diretrizes sirvam como um impulso missionário para a diocese de Barra do Piraí- Volta Redonda nesses três anos de preparação.

As Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) para o quadriênio 2019 - 2023 foram aprovadas durante 57ª Assembleia Geral, em maio desse ano.  Com o objetivo de fazer da Igreja uma CASA e um LAR, que acolhe, apresentando os quatro pilares: Palavra de Deus, O Pão, A Caridade e o Pilar da Missão; que sustentam essa CASA.  Nesse contexto, cada Igreja Diocesana aplicará de melhor forma as diretrizes de acordo com suas realidades e necessidades.

 

 

Saiba mais sobre o centenário

Em 2022 a diocese comemora cem anos. A Assembléia também marcou o início dessa preparação e o responsável pelo aprofundamento da história dos bispos foi o mestre em História, Igor Couto.No primeiro dia de encontro ele, que teve sua dissertação de mestrado baseada no Centenário da diocese, explicou trajetória de cada bispo que por aqui passou e como eles contribuíram para a construção da história da Igreja Diocesana até os dias atuais. "A proposta de hoje foi fazer um resgate da memória da diocese e a partir de um resgate da presença de nossos bispos, entender quais foram as respostas e demandas de cada tempo e como esses bispos apresentaram seus trabalhos pastorais para serem mais fiéis a pregação do Evangelho. Traçando uma linha do tempo, pudemos entender as realidades presentes em cada tempo e como foi que a Igreja respondeu esse chamado missionário de atender o povo de Deus", falou o professor. No próximo dia 4 de dezembro será lançado o triênio em preparação para os cem anos. A abertura será na Catedral de Sant'Ana, em Barra do Piraí, às 19h30, com Missa presidida pelo bispo diocesano, dom Luiz Henrique.

 

Direcionamentos finais

Nos próximos anos, cada comunidade trabalhará associando as Novas Diretrizes com o centenário da diocese. Como as diretrizes trabalham com quatro pilares: Palavra, Pão, Caridade e Missão, os trabalhos diocesanos serão também norteados por eles. Em 2020 o Pilar da Palavra e Pilar da Ação Missionária, o Evangelho de Jesus Cristo segundo a Comunidade de Mateus. Em 2021 será proposto o trabalho sobre o Pilar do Pão e Pilar da Ação Missionária, o Evangelho de Jesus Cristo segundo a Comunidade de Marcos. E em 2022 o Pilar da Caridade e Pilar da Ação Missionária, o Evangelho de Jesus Cristo segundo a Comunidade de Lucas.


Veja as fotos aqui