Diocese comemora dia da padroeira, Sant'Ana

Diocese
27·Julho·2020


O dia 26 de julho é mais que especial na diocese de Barra do Piraí/Volta Redonda. A data marca o dia de Sant'Ana, padroeira da diocese e em honra à Santa, dom Luiz Henrique presidiu a Santa Missa na Catedral, em Barra do Piraí. A cerimônia contou com a presença dos bispos eméritos, dom João e dom Francisco, de membros do clero e dos seminários diocesanos. Transmitida pela rádio Sintonia do Vale e pelas redes sociais da diocese, a Missa Solene aconteceu sem a presença de fiéis. 

Mãe de Maria, Sant'Ana é um exemplo de perseverança na fé. Dom Luiz Henrique destacou sua importância no ensinamento da Palavra. "A imagem de Sant'Ana se destaca para nós, em quadros e pinturas, aquela que ensina à Maria os valores da fé. Isso nos inspira e deve inspirar todas as famílias valorizando a presença dos avós e podendo contar com esses antepassados que nos trazem uma bela reflexão sobre a importância de preservar a memória e religiosidade de um povo", disse. 

"Nesses tempos de pandemia as coisas estão mais difíceis. Tivemos que realizar a Solenidade da Senhora Sant'Ana um pouco mais restrita, que a catequese familiar seja valorizada ainda mais nos lares. Que o isolamento seja uma oportunidade de reforçar ainda mais a importância da catequese e da formação religiosa nos lares. A Senhora Sant'Ana nos dá um grande exemplo nesse aspecto", completou o bispo.  

Padre Paulo Sérgio Almeida, pároco do Setor Santana, disse ter sido essa festa um momento muito importante para toda a paróquia. "Durante essa semana, pensando em deixar mais próxima essa dimensão do Sagrado ao nosso povo, fizemos um cortejo que se encerra hoje. Foi muito bonito escutar do nosso povo, diante de tantas manifestações de fé e apreço, que era aquilo que eles precisavam. Saber que diante de tanta dor e sofrimento, estamos mantendo a fé", ressaltou. 

O padre também destacou o dia dos avós e afirmou que nada mais simbólico que a casa da avó de Jesus para a celebração da data. "O exemplo de fé que herdamos de nossos avós é que nos dá forças para ir em frente e acreditar que Deus não nos abandonou. Nesse dia é preciso que cada um de nós redobre os cuidados, para proteger a si mesmo e os idosos que estão a nossa volta", concluiu.